Foto: Danielle de Oliveira Moreira

CONHEÇA CIÊNCIA

O que desejamos ao produzir Ciência? Conhecer cada vez mais os ungulados e seus habitats para que possamos implementar estratégias de conservação adequadas. Além disso, o que geramos também pode ser usado para a conservação das espécies, de uma forma geral, por diferentes pessoas. É essa a nossa vontade, que as pessoas dispersem por aí o conhecimento gerado por aqui!

BIOLOGIA
E ECOLOGIA

Qual o papel destes grandes herbívoros na manutenção das florestas, aqui no ES?

Como as espécies utilizam os diferentes ambientes na paisagem?

Há conflitos entre os grandes herbívoros e a comunidade humana local?

Como é o comportamento social e reprodutivo das espécies, na região que trabalhamos?

Biologia e Ecologia

Será que as paisagens estudadas permitem que ocorra o fluxo gênico ou há alguma barreira?

Qual a diversidade genética das populações de grandes herbívoros?

GENÉTICA

Genética

Qual é o estado de saúde dos grandes herbívoros, nas regiões que estudamos?

Quais doenças podem ser transmitidas pelos animais domésticos a estes grandes herbívoros?

SAÚDE

Saúde

PRODUÇÃO CIENTÍFICA

Quando a gente produz ciência, mais ciência é gerada, não é? Frutos de um trabalho feito com muita dedicação! Aqui, dispersamos conhecimento para a comunidade científica!

Artigos Publicados

1. Neotropical Alien mammals: A data set of occurrence and abundance of alien mammals in the Neotropics. Da Rosa, C.A.R.; Bejarano, B.R.;  (...) Gatti, A.; Moreira, D.O.; Seibert, J.B.; Nodari, J.Z. et al. Ecology, v.1, p. ecy.3115, 2020.

2. Faecal DNA and camera traps detect an evolutionarily significant unit of the Amazonian brocket deer in the Brazilian Atlantic Forest. Oliveira, M.L.; Peres, P.H. de F.; Gatti, A.; Morales-Donos, J.A.; Mangini, P.R. & Duarte, J.M.B. 2020. European Journal of Wildlife Research, 66: 28. 2020.

3. Neotropical xenarthrans: a data set of occurrence of xenarthran species in the Neotropics. Santos, P.M; Bocchiglieri, A.; Chiarello...et al. Ecology 100(7): e02663. 2019.      

4. A predation event by free ranging dogs on the lowland tapir in the Brazilian Atlantic Forest. Gatti, A.; Seibert, J.B. & Moreira, D.O. Animal biodiversity and conservation, v. 41: 311-314. 2018.

5. Interactions between frugivorous vertebrates and two plant species of Spondias. Sampaio, R.A.P.; Moreira, D.O.; Assis, A.M.; Mendes, S.L. & Gatti, A. Animal Biology, 68: 1-16. 2018.

6. Determining the numbers of a landscape architect species (Tapirus terrestris), using footprints. Moreira, D.O.; Alibhai, S.K.; Jewell, Z.C.; Cunha, C.J.; Seibert, J.B. & Gatti, A. PeerJ, 6: e4591. 2018.

7. Research gaps and trends on the feeding ecology of Leopardus wiedii and Leopardus guttulus. Cunha, C.J.; Moreira, D.O.; Seibert, Jardel B.; Gatti, A. Boletim do Museu de Biologia Prof. Mello Leitão, (N. Sér.): 39(1): 23-27. 2017.

8. Medium and large-bodied mammals of the Private Reserve of Natural Heritage Recanto das Antas, in Espírito Santo, Brazil. Gatti, A.; Modenesi, P.; Cunha, C. J.; Seibert, J.B. & Moreira, D.O. Oecologia Australis, 21:. 171-181. 2017.

9. Tapirus terrestris occurrence in a landscape mosaic of Eucalyptus monoculture and Atlantic Forest in southeast Brazil. Centoducatte, L.D.; Moreira, D.O.; Seibert, J.B.; Acosta, I.C.L. & Gatti, A. Tapir Conservation (Print), 20: 16-19. 2011.

10. Morphological and molecular characterization and phylogenetic relationships of a new species of trypanosome in Tapirus terrestris (lowland tapir), Trypanosoma teixeirae sp. nov., from Atlantic Rainforest of southeastern Brazil. Acosta, I. da; Pereira, A.; Nunes, P.H; Gondim, M.F.; Gatti, A.; Rossi Jr., J.L; Gennari, S.M. & Marcili, A.  Parasites & Vectors, 6: 349. 2013.  

11. Tapirus terrestris in Espírito Santo, Brasil. Flesher, K. & Gatti, A.  Tapir Conservation (Print), 19/1:16-23. 2010.

GALERIA

Coleta de pelo
Parceria em campo
Coleta de fezes
Instalando armadilha fotográfica
Trabalho em campo
Construção da armadilha para captura de anta.
vetor.png