NOSSA HISTÓRIA

Em 2011, nascia o Programa de monitoramento e conservação das antas na Mata Atlântica Capixaba – o Pró-Tapir com a missão de promover ações de pesquisa e conservação das populações das antas na Mata Atlântica Capixaba e, além disso, elaborar um plano de conservação para a espécie na região.

O Pró-Tapir veio do sentimento de paixão e comprometimento com a pesquisa e conservação de uma pessoa, a bióloga Dra. Andressa Gatti. E logo ela encontrou outras pessoas com o mesmo comprometimento com as quais pudesse compartilhar o seu projeto de vida. Com tanto empenho, o Pró-Tapir logo se tornou um dos poucos, porém importante programa de conservação voltado a uma espécie ameaçada no estado do Espírito Santo.

A partir do ano  de 2019, demos um grande passo: o de compreendermos que o Pró-Tapir cresceu e que agora possui uma cara nova e com grandes desafios. O passo foi internalizar que o slogan do Programa não é mais Monitoramento e Proteção das Antas da Mata Atlântica Capixaba, mas sim, Monitoramento e Proteção dos Ungulados na Mata Atlântica. Parece uma mudança sutil, não é mesmo? Mas para nós isso faz toda a diferença, pois além das antas, as queixadas, os catetos e os veados passaram a compor nossa lista de animais focais. Enquanto que a nossa abrangência já não é mais o Espírito Santo e sim,  a Mata Atlântica.

Esse grande passo só foi possível, porque nós sempre tivemos a sorte de ter muitos parceiros, que acreditam em nosso trabalho. Nosso muito obrigado a todos que colaboraram, os que colaboram e àqueles que logo abraçarão nosso sonho também!